Preparação é a chave para se dar bem no processo seletivo de uma franquia

✨ Você pode ter todo o dinheiro do mundo e até muita vontade de empreender, porém, se a franqueadora entender, durante o processo seletivo de uma franquia, que você não tem o perfil buscado pela marca, tudo pode ir por água abaixo. É por essas e outras que, se você deseja abrir uma franquia, um dos passos mais importantes é se preparar bem para a entrevista com a franqueadora.
Boas franquias costumam desenvolver sofisticados e rigorosos sistemas de busca e seleção de franqueados. O objetivo é afunilar os candidatos que efetivamente estejam apaixonados pelo negócioe que dediquem-se totalmente ou integralmente à unidade.
Segundo a expert em franquias e sócia-diretora da consultoria ba|STOCKLER, Angelina Stockler, o candidato deve chegar à entrevista mostrando que fez a lição de casa. Ou seja, que é pro-ativo, interessado e está comprometido com o desejo de empreender através da franquia.
já na entrevista, a consultora considera primordial que o candidato questione a rede franqueadora sobre tudo aquilo que ele possa ter dúvidas. Mas, também, evitar alguns questionamentos como, por exemplo:
▪ Tenho mesmo que trabalhar aos finais de semana?
▪ Por que tenho que pagar royalties?
▪ Tem desconto na taxa de franquia?
▪ O sucesso não depende só da franqueadora?
Ainda na avaliação da consultora, o candidato pode (e deve) conhecer uma operação de unidade in loco. Ou seja, acompanhar ou realizar visitas a uma loja e também a própria estrutura da franqueadora. Assim, ele poderá validar as informações recebidas antes e durante a entrevista.
▪ Pergunte, pergunte e pergunte
Não saia da reunião ou da entrevista com alguma dúvida. Tudo que você precisa saber para tocar o negócio, pergunte sem remorsos aos franqueadores.
Fonte: ABF